A raposa e o lobo

Uma raposa esfomeada viu, na água parada no fundo do poço, a imagem da Lua. Julgando que era queijo, deu pulos de contente.

O poço tinha dois baldes; enquanto um descia, o outro subia. Então meteu-se no balde que estava em cima e desceu até ao fundo mas, ao chegar lá, verificou que tinha sido enganada. não havia queijo nenhum. E não sabia como sair do poço.

Nisto, apareceu ali um lobo para beber água. Ao vê-lo, a raposa disse-lhe num tom muito amável:

- Desça até cá, compadre! Vou oferecer-lhe este queijo com muito prazer.

O pobre lobo caiu na armadilha e, metendo-se no outro balde, começou a descer. E, enquanto ele descia, o balde em que estava a raposa subia, trazendo-a para cima.

 

 

Conto Tradicional (versão de Fernando Cardoso)

Livro "As leituras do pequeno mestre"